sábado, 30 de abril de 2011

Resultado/ENQUETE:*TAMANHO é documento?*


Durante todo esse mês (abril/2011) peguntamos aqui na Enquete do blog se "TAMANHO é documento!?!" Nos referindo daquiiilo, sabe né? rs.

Pois é, e eis aí o resultado:
 Ou seja, de um total de 56 votos, 21% acham que o tamanho é sim documento, 30% acreditam que Às vezes ele até precisa ser um pouquinho maior, porém a maioria - 48% dizem que NÃO, que definitivamente "Tamanho NÃO É DOCUMENTO!"

Aproveitando a oportunidade , vamos falar novamente um pouco sobre o assunto...

Qual o tamanho da sua vara de condão?
 Quando a menina é pequena, falam para ela a história de que uma fada realizará seus maiores desejos com uma varinha de condão. 

Para os meninos não é assim. A versão é outra. Dizem que ele e sua varinha vão crescer e, com isso, realizar os maiores desejos das mulheres. Não tem jeito. Todo homem chega à vida adulta com a idéia de que seu poder está diretamente relacionado ao número de centímetros que mede seu pênis ereto.

É uma questão de cultura.
Aqueles contos de que é possível saber quanto mede o instrumento apenas observando o tamanho da mão, do pé, do antebraço ou do nariz são tão verdadeiros quanto aquela outra de que nasce espinha no rosto ou pêlo na mão se o cara se masturbar. Algumas vezes o porte físico coincide com a medida do órgão sexual. E é só coincidência. Geralmente, é a genética que determina isso.

“O TAMANHO NÃO IMPORTA nem um pouco, nem em comprimento, nem em diâmetro. A vagina é uma estrutura elástica que se adapta a um pênis de qualquer tamanho”, sentencia Carla Cecarello, psicóloga e sexóloga responsável pelo site www.projetoambsex.com.br. O canal da vagina que acomoda o pênis mede de 7 a 8 centímetros quando em repouso.

Na fase da excitação, o útero se eleva e aumenta esse canal que passa a ter entre 14 e 16 centímetros. E isso é o mais longe que o pênis, tenha o tamanho que tiver, vai chegar. “Não quer dizer, porém, que um homem com um órgão maior que 16 centímetros vai machucar a mulher ou deixar de sentir prazer.
Para que os dois cheguem ao orgasmo, basta que a cabeça e metade do corpo do pênis penetrem a vagina”, explica Carla.
[...] O que importa, e isso é opinião unânime entre elas, é que o cara mande bem. E “mandar bem” significa que você deve ser um bom amante. “Ao invés de se preocupar com o tamanho do pênis, ou se gabar, o homem deve saber dar prazer na cama”, afirma a médica.

[...] Então, meninos, deixem o tamanho da varinha para lá e aproveitem a mágica que vocês sabem proporcionar.

Por Camilla Cremácio

Fonte:
http://www.portaldascuriosidades.com/forum/index.php?board=27.175
http://absurdosepolemicos.blogspot.com/
Ou seja, definitivamente: "Tamanho não é documento!"
Ajuuuda, mas não é o principal, kkk

Obrigado à todos que participaram, e a partir de hoje, comecem a votar na nova enquete.

Valeu amores
Bjos

Andreh Carvalho

*Grandes vilãs da Globo*

Globo 46 anos: Relembre grandes vilãs da dramaturgia nacional

"Lista mostra dez personagens cujas maldades movimentaram a telinha"

Malvada, perigosa, louca, rancorosa, insegura, dissimulada, arrogante... São muitos os adjetivos necessários para descrever todas as vilãs que já passaram pela telinha da Globo. 
Cada uma com a sua própria história, motivação, intuito, tipo e personalidade  - mas todas inesquecíveis! 

Para comemorar os 46 anos da emissora, fizemos uma lista de algumas das malvadas mais queridas (ou odiadas) da história da dramaturgia nacional.

Fernanda (Dina Sfat) - Selva de Pedra
Na trama de 1972, os amantes Fernanda e Cristiano (Francisco Cuoco) resolvem ficar juntos após a esposa dele ser dada como morta. 
Porém, o rapaz se sente responsável pelo acidente que causou a morte da mulher, e, no último instante, decide abandonar Fernanda no altar. 
Ela então passa a perseguir obsessivamente o ex-noivo em busca de vingança.


Andréia (Natália do Vale) – Cambalacho
A novela de 1986 traz a gananciosa Andréia, que para conseguir dinheiro e poder não mede esforços. Sem nenhum escrúpulo, ela se casa com o milionário Antero Souza e Silva (Mário Lago), com o intuito de herdar a fortuna do marido. Logo no ínicio da trama, Antero sofre um grave acidente e seu corpo desaparece. Mas a viúva- negra comemora por pouco tempo: ela descobre que a herdeira do marido é Naná, uma suposta filha desaparecida. 

Determinada a impedir que a outra pegue o dinheiro, Andréia contrata o advogado Rogério (Cláudio Marzo) para cuidar do caso, e ele usa de todos os meios ilícitos para satisfazer a sua cliente. Marido de sua irmã, Amanda (Suzana Vieira), Rogério é a paixão de Andréia.


Odete Roitman (Beatriz Segall) - Vale Tudo
Odete Roitman, vivida por Beatriz Segall, agitou o país em1988. Uma empresária rica, fina e arrogante, que tem Maria de Fátima (Glória Pires) como  aliada. A morte de Odete criou um grande mistério, que mobilizou todo o país: Quem matou Odete Roitman? (Reveja a cena).


No último capítulo,  o público descobre a identidade do assassino: Leila disparara contra Odete por engano. Ela queria acertar Maria de Fátima (veja abaixo).


Maria de Fátima (Glória Pires) - Vale Tudo
A inescrupulosa Maria de Fátima vende a única propriedade de sua família e foge com o dinheiro para outra cidade. Desesperada, a sua mãe Raquel (Regina Duarte) vai atrás da filha, que a despreza (confira ao lado).
Enquanto Maria de Fátima decide seduzir o milionário Afonso (Cássio Gabus Mendes), filho de Odete Roitman, papel de Beatriz Segall (ver acima), uma poderosa empresária, Raquel se apaixona por Ivan Meirelles (Antonio Fagundes).

Obstinada em dar o golpe do baú, Maria de Fátima aceita a proposta de Odete, que pede que a jovem separe Raquel de Ivan, prometendo estimular seu filho a casar-se com ela. A ardilosa Maria de Fátima consegue acabar com o relacionamento e a felicidade de sua mãe, que rompe com Ivan, acusando-o de desonestidade.

 Perpétua (Joana Fomm) – Tieta
A recalcada Perpétua faz de tudo para atrapalhar a vida da irmã Tieta (Betty Faria). Logo no início da trama de 1989, ela faz tantas intrigas com o nome da irmã que a moça acaba escorraçada de casa pelo pai.

Décadas depois, Tieta volta para a sua antiga cidade, rica, exuberante e ainda mais liberal, e reencontra Perpétua. Para apimentar ainda mais a relação das duas, Tieta se apaixona pelo sobrinho. Beata e extremamente conservadora, Perpétua guarda em seu armário uma misteriosa caixa branca. No fim da trama, revela-se o quê, afinal, há na caixa: o órgão genital do seu falecido marido.

Maria Altiva ( Eva Wilma)- A Indomada
Na trama de 1997, Eva Wilma vive a ambiciosa Maria Altiva, casada com Pedro Afonso (Cláudio Marzo).  Ela logo se revela uma vilã ardilosa, que encontra no deputado Pitágoras (Ary Fontoura), um parceiro de golpes e armações.



Laura Prudente da Costa (Cláudia Abreu) – Celebridade

Em 2003, o Brasil acompanhou a  rivalidade entre duas mulheres: a bem-sucedida empresária e ex-modelo Maria Clara Diniz (Malu Mader) e a dissimulada e invejosa Laura Prudente da Costa (Cláudia Abreu). Laura se aproxima de Maria Clara dizendo ser sua maior fã e consegue um emprego em sua empresa, mas, na verdade, ela tem um plano secreto: destruir a vida da 'celebridade'.


Para realizar o sonho de destruir a rival, Laura conta com a ajuda de Marcos (Márcio Garcia), seu amante e cúmplice. Ao lado do bonitão, ela protagoniza divertidas cenas e, apesar das maldades,o humor ácido de Laura ganha a simpatia do público. (Essa eu adorava! kkk)


Nazaré Tedesco (Renata Sorrah) - Senhora do Destino
Na história exibida em 2004, a ensandecida Nazaré Tedesco é uma prostituta que deseja se casar com o amante e mudar de vida. Ela acredita que a gravidez é a única maneira de separá-lo da esposa e da filha. Estéril, Nazaré finge estar grávida, e sequestra a filha de Maria do Carmo (Suzana Vieira), que passa a vida a buscar informações da menina.

A vilã fica cada vez mais louca e perigosa a quando a sua farsa começa a ser desmascarada. Ao mesmo tempo que Nazaré assusta o público com sua personalidade psicótica, ela provoca risadas com seus xingamentos e cenas em que elogia a si mesma diante do espelho.


Flora (Patrícia Pillar) - A Favorita
A trama de 2008 mostra a rivalidade entre Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Claudia Raia), antigas parceiras da fictícia dupla sertaneja Faísca e Espoleta. Após cumprir uma pena de 18 anos de reclusão pelo assassinato do marido de Donatela, de quem era amante, Flora acusa a ex-parceira de ter cometido o crime, e tenta se reaproximar da filha Lara (Mariana Ximenes), criada pela rival, fruto de um relacionamento com Marcelo. Afinal, qual das duas fala a verdade?

No fim, Flora revela ser uma perigosa assassina, que não tem carinho nem mesmo pela filha biológica. (No vídeo, Flora diz a Silveirinha - Ary Fontoura - que vai sequestrar Lara)



Clara (Mariana Ximenes) – Passione
Uma vilã com cara de anjo e alma de demônio apronta todas na trama de 2010. Clara aparenta amizade e desvelo, mas é uma mulher mentirosa, sem escrúpulos, que só quer tirar proveito das situações.

Criada e explorada pela avó, que a vendeu para Saulo (Werner Schünemann) quando menina, ela se vinga dos dois depois de adulta.  E não é apenas os malvados que sofrem nas mãos da vilã. Clara ludibria o doce Totó (Tony Ramos), com quem casa-se por interesse.  


Siga @rede_globo

Fonte:
http://redeglobo.globo.com/novidades/noticia/2011/04/globo-46-anos-relembre-grandes-vilas-da-dramaturgia-nacional.html

Quem deveria está na matéria, e claro, eu destaco aqui, é a minha preferida Global: Yvone (Letíca Sabatella) na novela Caminho das Índias, em 2009.

Ela era tudo de bom, linda, inteligente e má, deixando Raul (Gustavo Borges) na miséria...kkk


Ou seja, quem me conhece sabe muito bem que, vilãs são comigo mesmo, rs
São mais charmosas, interessantes, inteligentes e só se dão mal no finalzinho da trama...Adoro

Bjos
Bom sábado para todos!
Sigam-me no tt: @andreh_carvalho

"Obrigado pelas quase 70 mil visitas!"

Andreh Carvalho

sexta-feira, 29 de abril de 2011

"O Menino das Meias Vermelhas"


Ele era um garoto triste. Procurava estudar muito. 

Na hora do recreio ficava afastado dos colegas, como se estivesse procurando alguma coisa.

Todos os outros meninos zombavam dele, por causa das suas
meias vermelhas.

Um dia, o cercaram e lhe perguntaram porque ele só usava
meias vermelhas.

Ele falou, com simplicidade: "no ano passado, quando fiz aniversário, minha mãe me levou ao circo.
Colocou em mim essas meias vermelhas. Eu reclamei. Comecei a chorar. Disse que todo mundo iria rir de mim, por causa das meias vermelhas.
Mas ela disse que tinha um motivo muito forte para me colocar as meias vermelhas. Disse que se eu me perdesse, bastaria ela olhar para o chão e quando visse um menino de meias vermelhas, saberia que o filho era dela."

"Ora", disseram os garotos. "mas você não está num circo. Por que não tira essas meias vermelhas e as joga fora?"

O menino das meias vermelhas olhou para os próprios pés, talvez para disfarçar o olhar lacrimoso e explicou: "é que a minha mãe abandonou a nossa casa e foi embora.

Por isso eu continuo usando essas meias vermelhas.
Quando ela passar por mim, em qualquer lugar em que eu esteja, ela vai me encontrar e me levará com ela." 

(...)
Carlos Heitor Cony 
 
Liiindo né gente?
Vi essa mensagem pela primeira vez há anos atrás
em uma das mensagens do programa de Ana Maria Braga, 
e logo de cara me apaixonei, e hoje resolvi postá-la por aqui

Bjos
Boa Noite

@andreh_carvalho

Ótimo FDS pra todos
Andreh Carvalho

O Poder do Salto Alto

A maioria dos homens não admite, mas acredite: todos nós reparamos em sapato de mulher. Talvez não conscientemente, é verdade. Mas qualquer ser humano do sexo masculino sabe a diferença entre uma havaiana e um salto 15.
Quer dizer, sabemos a diferença nos efeitos que eles produzem.
Sandálias Havaianas, por exemplo, sugerem uma garota descolada. Ou uma faxineira. Depende da atitude de quem usa: pode ser, inclusive, que ela seja uma faxineira descolada.
Para mulheres que gostam de usar salto plataforma, uma dica: eles são horríveis. É melhor assumir que você é baixinha, tipo ‘mignon’, do que passar a idéia de que você tem problemas ortopédicos. Há outra opção: decore a sua plataforma com caveiras e torça para encontrar um fã do Kiss que ache sexy.
Outro dia vi uma pesquisa que comprovou o que eu já sabia: homens têm medo de mulheres de salto alto. Mas é um medo, digamos, bom (para as mulheres, claro). A pesquisa mostrava um grupo de homens conversando animadamente com mulheres de sapatos baixos; o mesmo grupo apenas ouvia quando elas usavam saltos altos. Conclusão: salto alto intimida. Salto alto é uma arma – use isso a seu favor.
Uma amiga minha me confidenciou por que as mulheres gostam tanto de sapatos: não importa quanto elas engordem, o sapato continuará servindo. (É a mesma coisa com as bolsas.) Acho isso meio cruel, mas como foi dito por uma mulher… 
Mulher de tênis? Eu gosto, mas perco o interesse assim que saio da academia. Mulher de tênis à noite? Só se for num show de rock. Ou num jogo de futebol – contanto que ela não esteja jogando. 
Sei que aquele tipo de sandália que as mulheres chamam de ‘rasteirinha’ está na moda, mas não entendo por quê. Eu acho horrível – e aposto que os outros homens também. Daí vocês vão dizer ‘ah, mas é confortável’. Eu também acho calças de moletom superconfortáveis e nem por isso pretendo usar uma para sair na balada. A rasteirinha é a calça de moletom para os pés.
Quer ficar confortável? Fique descalça. Sem sapato ou de salto alto, o importante é que o homem fique sempre aos seus pés.

Por: Felipe Machado – Palavra de homem
http://blogs.estadao.com.br/

Meio forte a matéria né?rs
Mas é somente pra mostrar que o 'Salto Alto' realmente exerce um PODER,
ele s-e-m-p-r-e realça a beleza feminina,
Lógico que não estou aqui querendo dizer pra vocês (mulheres)
passarem o dia inteirinho de Salto Alto, mas ele tem lá seu fascínio e seus encantos, e dá um toque todo ESPECIAL em qualquer look,
tornando-a ainda mais ELEGANTE e ATRANTE...

Minha amiga Andréia Galeno que o diga, 
ela usa sempre, e usa como poucas...e eu adoro...kkk 

Então Subam no Salto Alto e ARRASEM!

Bjos

Andreh Carvalho

Amor Platônico


Amor platônico, na acepção vulgar, é toda a relação afetuosa ou idealizada em que se abstrai o elemento sexual, por elementos de gêneros diferentes --como num caso de amizade pura, entre duas pessoas.

Esta definição, contudo, difere da concepção mesma do amor ideal de Platão, o filósofo grego da Antigüidade, que concebera o Amor como algo essencialmente puro e desprovido de paixões, ao passo em que estas são essencialmente cegas, materiais, efêmeras e falsas. O Amor, no ideal platônico, não se fundamenta num interesse (mesmo o sexual), mas na virtude.
Atração é o ponto inicial de todo amor. Esta atração pode ser física, bem como mental. Somente aqueles que estão apaixonados decidem o limite do amor. Este não pode estar demarcado por fronteiras, ou observado por uma religião. Isto seria como uma brisa fresca através da qual um fluxo de amantes tenta encontrar a direção de suas vidas. Alguns conseguem o sucesso e outros se perdem no meio dele.

Nossa sociedade está mudando e ficando muito mais liberal, amizade entre sexos opostos seria um encontro não duradouro com um ponto de interrogação, como fora nas décadas passadas. Esta também é uma razão por detrás da popularidade do Amor platônico, que está sendo aceito agora pelas massas. 
Amor platônico numa definição intelectual, é um relacionamento bonito e amoroso entre um ser do sexo masculino e do sexo feminino, em que sexo não acontece. Amor platônico seria um fechamento mental de duas pessoas em que sexo não funciona, mas existe um sentimento escondido de amor. Como estas pessoas são mentalmente fechadas umas com as outras, o amor gasta tempo até ser dividido um com o outro, em seus corações, nunca em seu corpos. 
 Quando duas pessoas se encontram sem nenhuma expectativa, se entendem e dividem seus sentimentos, posteriormente podem estar numa relação de amor, sem que haja lugar para a necessidade física; o chamado amor platônico.Com as mudanças no padrão de vida, competição difícil e famílias quebradas, este tipo de relacionamento tornou-se a demanda dos dias de hoje. 
 Amor platônico é uma forma da amizade dar satisfação mental. Um indivíduo necessita de um amigo quem possa amá-lo sem nenhuma expectativa, que possa fornecer um ombro para recostar-se. Esta amizade é chamada de amor platônico porque neste sentimento a atração mútua também está presente.
* wikipédia, a enciclopédia livre 
Bom dia amores
Boa sexta-feira à todos!

-E valeu @gabrielcantini, eu é que agradeço,
Abração

Andreh Carvalho





quinta-feira, 28 de abril de 2011

Gabriel Cantini: Um Jovem Talento*

Gabriel Cantini, É designer gráfico, músico e compositor, nasceu no dia 18 de Setembro de 1987 na cidade de Volta Redonda/RJ.
Aos três anos de idade, se mudou juntamente com sua família para Niterói.
 
Em Niterói, Gabriel começou a cantar com sua mãe Ghislaine Cantini em shows e eventos católicos. Isso aos dez anos. E aos quatorze anos, descobriu seu dom de compor. 
Gabriel, depois de tal descoberta, passou a compor suas músicas. Que têm tendências voltadas para o estilo Pop e Mpb.
 E Gabriel, surpreende. Pois, todas as suas músicas, seguem inspirações de seu cotidiano. Diferente do comum, Gabriel tem inspirações muito reais, inspirações que surgem realmente em sua vida. E faz suas músicas quando tem aquilo dentro de si. Por isso, Gabriel esta levando sempre sua emoção e sentimento em todas as suas canções. O que já faz um grande diferencial.
 Conforme foi crescendo, sua musicalidade também. Gabriel passou a investir em sua carreira solo. Gabriel, aprendeu a tocar violão sozinho. E tem uma voz que 'se casa' perfeitamente com todas as suas músicas, com seu instrumento.
 Por sinal, Gabriel, participou da edição do programa Ídolos 2010, e que em meio 43 mil pessoas inscritas, Gabriel, foi um dos oitenta, escolhidos para ir até São Paulo? Pois é. Como dizem: "Não é fraco não". 

Com essa oportunidade, as portas se 'escancararam' para Gabriel, que tem se ocupado com muitos convites e responsabilidades artísticas.
 Pra quem assiste ao Raul Gil, o quadro Jovens Talentos, tem a oportunidade de ver Gabriel Cantini. Que além de cantar muito bem é muito estiloso.
Confira  algumas canções do gato no My Space: www.myspace.com/gabrielcantini e se gostar, não perca tempo, baixe todas as canções no link www.palcomp3.com/gabrielcantini
Entrevista :
Quando você descobriu que queria ser cantor?
Gabriel - Sempre cantei des de pequeno, com a minha mãe Ghislaine Cantini

Pelo o que eu pude perceber lá nos jovens talentos você sempre canta samba , qual outro ritmo que você gosta?
Canto samba, samba rock tipo seu jorge, jorge bem, e curto MPB também

 Todo mundo que fica exposto a midia , termina recebendo criticas , como você lhe dar com elas?
Normalmente, quem nao recebe criticas ne? hahaha é normal, mas assim, aceito criticas construtivas, pq quem vem de ignorancia, eu ignoro .
 Agora falando um pouco de moda Gabriel , eu sempre vejo que você tá sempre estiloso nas suas apresentações , A moda tem alguma importância pra você?
Claro que tem! hahaha! Usar uma roupa boa, se vestir bem, é muito bom!
no momento estou sendo patrocinado pela loja Osklen aqui de Niterói para usar as roupas lá no Raul .
 Você se considera um cara vaidoso ?
Me considero sim, faço academia, gosto de estar bem comigo mesmo sempre!
 Qual sua peça de roupa favorita ?
o tenho nenhuma assim que eu fale: "nossa como essa roupa é foda!" hahahaha
 Bom , pra encerrar Gabriel , eu queria que você desse um conselho pra essa galera que quer seguir esse caminho !
gente, estudem muito, corram atras do que realmente querem, e lembrem sempre da familia, que nesse mundo é a coisa mais importante que há! "vamo que vamo!''
Fontes:

Pois é gente, para quem não conhecia o
Jovem Talento: Gabriel Cantini, aí está...
Sou muito fã desse cara (torço muito por ele no Programa),
que além de cantar demais, é humilde,
tem um jeito que é só dele
e além de tudo é muito atencioso no twitter: @gabrielcantini.
Valeu Gabriel, muito SUCESSO pra vc, pois é o que merece!

Abraço! 

tt: @andrehcarvalho

*Confiram o que ele disse, via twitter, depois do post:
Valeu!

Andreh Carvalho